Notícias /

CRA - PODERIA SER BOM, MAS NÃO É

O Conselho Regional de Administração de SP – CRA SP anunciou no último dia 27 um reajuste de 2% nos salários de suas/seus funcionárias/os. Em tempos de retração da economia e índice de desemprego avassalador, essa até poderia ser uma boa notícia, mas...o Conselho se recusa ao diálogo com o representante legal das/os suas/eus trabalhadoras/es, o Sinsexpro. Tanto que este foi obrigado a ingressar com Dissídio Coletivo contra o CRA SP para buscar, pelo menos, aplicação do índice de inflação do período nos salários e avanço nas conquistas já consagradas em anos passados.    Sem esse processo de negociação, é impossível para o Sindicato aferir defasagens em benefícios importantíssimos como vales refeição, alimentação e transporte e nem acompanhar direitos fundamentais como convênio médico e Plano de Cargos, Carreiras e Salários. Inclusive, o Sinsexpro recebeu denúncias de suspensão desses benefícios por ausências, sem que se saiba se são irregulares ou não. Isso tudo somado a outras denúncias sobre como o Conselho estaria tratando as/os funcionárias/os na pandemia da COVID-19, com atividade presencial até de trabalhadoras/es com classificação de grupo de risco.    Para obter do CRA SP o diálogo que ele se recusa a fazer - o ofício veiculado no boletim do último dia 10 não foi sequer respondido - e diante da gravidade das denúncias, o Sinsexpro está solicitando ao Ministério Público do Trabalho que faça a mediação e uma conversa com o Conselho, para dar transparência a todos esses temas e garantir a ação do Sindicato nessas questões que afetam as/os trabalhadoras/es do Conselho. ACOMPANHE!

« voltar