Notícias /

CREA - ENFIM, UMA PORTA ABERTA

 O Sinsexpro foi atendido ontem, em encontro virtual, pelo assessor da presidência, Holmes Naspolini, para conversar sobre a Campanha Salarial deste ano. O assessor explicou a delicada situação do Conselho junto ao Tribunal de Contas da União, o qual pode até responsabilizar o Presidente pela manutenção de benefícios e outras práticas que o Tribunal exigiu que fossem interrompidas, desde 2016. O Sinsexpro, por sua vez, relatou seu empenho em unir-se ao CREA SP desde aquela época, para defender essas práticas, sem que nem o TCU e nem o Conselho tinham permitido essa participação.    O assessor então disse que isso mudou e, ao contrário, tem todo empenho em promover essa ação conjunta, estando respaldado pelo Presidente. Assim, será realizada nova reunião com as assessorias jurídicas do Sinsexpro e do CREA SP, com a maior brevidade possível, para afinar as providências necessárias a esse andamento junto ao TCU, buscando a garantia da continuidade do que já está em prática. Essa ação em nada alterará o andamento normal da Campanha, que segue para o estratégico mês de abril, quando deve ser garantida a data base e a abertura de negociação da Pauta de Reivindicações definida em assembleia geral da categoria.

MPN TAMBÉM FOI MARCADA    Ao final do mês de março, quando o Sinsexpro só obteve do CREA SP a alegação de que a Mesa Permanente de Negociação deveria aguardar (confira no boletim de 18/03), o Sindicato levantou a questão com o assessor da presidência, que agendou a mesma para o dia 6 de abril. Na pauta, todos os assuntos pendentes de MPNs anteriores, além de assuntos surgidos durante o mês em que a MPN não aconteceu. O Sinsexpro, como de praxe, informará às/aos funcionárias/os todos os assuntos tratados e seus efeitos, tão logo a Mesa ocorra.

« voltar