Notícias /

LUTA CREA - MOBILIZAÇÃO E COOPERAÇÃO

O Sinsexpro conversou com o CREA SP em Mesa Permanente de Negociação, no último dia 5. Logo em seguida, na segunda-feira, dia 8/2, promoveu o que seria uma assembleia deliberativa, mas acabou por ser convertida em reunião com as/os funcionárias/os. Entenda porquê: Campanha Salarial de 2021, com pendência do reajuste inflacionário de 2020 O Sinsexpro questionou do CREA SP qual a disposição para negociação da Pauta de Reivindicações, que será definida pela categoria e encaminhada a todos os conselhos e ordens até 1º de março deste ano. E firmou a posição de que é devida a reposição da inflação do período 1º de maio/2020 (data base da categoria) a 31/10/2020 (porque o CREA só pagou essa reposição a partir de 1º de novembro). O Conselho informou que não considera essa pendência. Na direção do Conselho, essa reposição é um processo concluído, não há o que discutir porque já informaram e explicaram nas MPNs anteriores a impossibilidade desse pagamento. O Sindicato, que não concorda absolutamente com isso, esclareceu que essa perda estará nas negociações da campanha de 2021 Quanto à negociação da campanha deste ano, o Conselho indicou que todos os envolvidos – Conselhos Federal e Regional, representantes dos funcionários e todos os demais atores que for possível agregar – devem colaborar num esforço mútuo para o enfrentamento às disposições do Tribunal de Contas da União -TCU, que ameaça severamente as concessões de salários e benefícios. O Sinsexpro então relembrou seus inúmeros pedidos para participar desses esforços desde a gestão do Engº Kurimori, quando equipes técnicas do TCU começaram a visitar o Conselho com medidas de ingerência no Acordo Coletivo de Trabalho, no que foi sempre alijado. Com o aceno do CREA de mudanças nessa direção, estamos então desde já buscando os caminhos para fazer frente àquelas disposições do TCU e assegurar a continuidade do que conquistamos em anos de mobilização e sucessivas campanhas. Agora é a hora de os funcionários ocuparem o papel principal, entrando em cena no dia 20, na definição da Pauta de Reivindicações. Depois de aprovada, a pauta será encaminhada ao CREA SP e começa outro capítulo da nossa luta contínua, que terá ao final de abril deste ano um importante desfecho. Gratificação de 2020 O Sinsexpro pediu ao CREA que confirmasse o pagamento desse benefício neste mês de fevereiro, como já vem acontecendo há anos. Surpreendentemente, fomos informados de que o assunto está sendo avaliado pela diretoria, sem decisão a respeito, até aquele momento. O Sindicato, por sua vez, destacou que não é admissível que o compromisso de pagar uma gratificação no valor de um salário não seja cumprido sem haver um aviso com antecedência, porque é natural que os CREAnos já contem com esse recebimento no seu orçamento. E como não houve esse comunicado prévio, daí estarmos todos contando com esse pagamento. OFÍCIO 045 DO SINSEXPRO Como noticiado no boletim de 27/01/2021, o Sinsexpro instituiu comitê específico para ações relacionadas ao combate da pandemia na categoria e a primeira ação desse comitê foi encaminhar ofício circular às autarquias, solicitando diversas informações. O CREA SP, embora tendo respondido ao ofício, não passou nenhuma das informações solicitadas, talvez por incompreensão do objetivo do trabalho. Assim, o Sindicato está reenviando as perguntas para mapear os impactos da pandemia no dia a dia dos CREAnos, pelo ângulo de visão do conselho, enquanto estará circulando também pesquisa diretamente dirigida às/aos trabalhadoras/es. Pendência de novembro do ano passado referente a e-mail dirigido por funcionária com o assunto "Denúncia Racismo Institucional CREA SP" O CREA alegou desencontro interno na recepção do documento, reenviado agora pelo Sinsexpro a todos os participantes da MPN.

« voltar