Notícias /

SEM ACORDO, OAB VAI A DISSÍDIO COLETIVO

Em ofício encaminhado à OAB no dia 20/04 (clique aqui e veja íntegra), o Sindicato alerta que não havia sido confirmado ainda o reconhecimento de 1º de maio como data-base e nem tinham sido empreendidas quaisquer iniciativas para o início das negociações da Pauta de Reivindicações 2020. O Sindicato pediu também a manutenção do emprego de todas as trabalhadoras e trabalhadores. Sendo assim e sem qualquer manifestação da OAB SP sobre o ofício, não coube alternativa senão mover o processo de Dissídio Coletivo. De todo modo, a qualquer tempo poderá ser fechado o Acordo caso a OAB manifeste boa vontade e respeito com seus funcionários.

« voltar