Notícias /

CRTR - Vitória das/os trabalhadoras/es

O Sinsexpro garantiu mais uma importante vitória para a categoria. Desta vez no CRTR SP através do julgamento do Dissídio Coletivo, que ocorreu ontem. Além da manutenção das cláusulas pré-existentes, o Dissídio estabeleceu reajuste de 7,59% retroativo a maio de 2021. O julgamento do Dissídio considerou ainda legal a greve das/os trabalhadoras/es do CRTR SP deflagrada no ano passado e que durou 112 dias, a maior greve da história da categoria.      As/os trabalhadoras/es do CRTR SP seguiram firmes na luta por seus direitos apesar de terem sofrido todo tipo de prática antissindical e assediosa por parte do Conselho,  em total desrespeito com as/os funcionários. Nos 112 dias de paralisação, sendo a greve deflagrada como única forma de enfrentamento à intransigência do Conselho, assistimos ao descaso da autarquia com os profissionais de sua categoria e funcionários por permitir tão longa paralisação sem oferecer nenhuma perspectiva para superar o impasse, cabendo inclusive ao SINSEXPRO e trabalhadores buscarem o judiciário para decidir a demanda.    Por isso, as/os trabalhadoras/es do CRTR SP estão orgulhosos agora e convictos de que a mobilização é o único caminho na busca de melhores condições de trabalho sempre. Trabalhador/a tem poder quando está unido/a ao Sindicato. Só assim é respeitado/a e valorizado/a, conquista melhores condições de vida e trabalho não só para si, mas para a família, para a comunidade e para toda a sociedade.    O Sindicato aguarda agora a publicação do Acórdão para chancelar as informações e detalhar a decisão proferida no julgamento do Dissídio.   

« voltar